Pratodo Mundo – Museu do Amanhã

Aconteceu no dia 11 de abril de 2019 a abertura de um questionamento bem interessante. Daqui aproximadamente 30 anos teremos 10.000.000 de pessoas no planeta, e de forma resumida, não haverá energia, água e comida suficientes para o mundo todo.

Como podemos fazer para melhorar a forma como nos alimentamos, diminuindo a quantidade de desperdício?

Com duração de seis meses, a exposição quer instigar o público a pensar em questões que impõem desafios à alimentação adequada para todo o planeta nas próximas três décadas, como as mudanças climáticas, a redução da biodiversidade, a distribuição desigual dos alimentos, além da fome e obesidade extrema. O tema escolhido pelo Museu do Amanhã vai de encontro com a nova ambição do Grupo Carrefour em todo o mundo, onde lidera movimento para ampliar o acesso dos consumidores alimentos de qualidade produzidos de maneira sustentável.

Para o diretor de Sustentabilidade do Carrefour Brasil, Paulo Pianez, o patrocínio à exposição é uma forma de contribuir com o debate sobre o futuro dos alimentos. “O varejo tem a oportunidade de mobilizar toda a cadeia, como um importante elo entre produtores e o consumidor. Ao contribuir com o debate sobre o futuro dos alimentos, levamos ainda mais informação para que o consumidor possa fazer as melhores escolhas. Para isso, ampliamos cada vez mais o sortimento de alimentos saudáveis e de qualidade, trabalhando ainda para que, com maior escala, os preços sejam cada vez mais justos”, ressalta Paulo. “A exposição permite a todos olhar ainda mais para o futuro, a fim de explorar as oportunidades para enfrentar os próximos desafios da humanidade a partir da inovação e da sustentabilidade. Com isso, plantamos uma poderosa semente no país com a certeza de que, juntos, podemos transformar a maneira pela qual nos alimentamos. ”

Com a participação de Claude Troigros, Chef, Henrique Oliveira, Diretor Executivo do Museu do Amanhã, Stephane Engelhard, Vice Presidente do Grupo Carrefour, Ulisses Melo, Diretor do Laboratório IBM, Rafael Zafalo, representante da FAO, Mariana Ribas, Secretária de Cultura do Município do Rio de Janeiro e curadoria de Luiz Alberto Oliveira segue abaixo algumas imagens!